sábado, outubro 12

Corte nas subvenções. Alegre acusa governo de “manobra contra os políticos”

O histórico do PS Manuel Alegre classifica a intenção do governo de cortar nas subvenções vitalícias dos ex-políticos como “uma manobra contra os políticos” e acusa “o PSD e sobretudo o CDS” de estarem a embarcar numa “onda populista”.

Alegre é um dos políticos que recebe esta pensão – ao todo serão cerca de 400 – e acusa o governo de estar a lançar “uma manobra contra os políticos, com a qual o CDS julga que pode lavar as mãos das responsabilidades que tem nos cortes que realmente têm significado”.

A ideia de acabar com as subvenções vitalícias pagas aos ex-titulares de cargos políticos foi lançada publicamente pelo porta-voz do CDS João Almeida, mas depressa recebeu o apoio de alguns dirigentes de peso do PSD, como Teresa Leal Coelho, vice-presidente do partido, ou Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais. A mesma proposta – eliminação ou corte de 70% – foi levada ao Conselho de Ministros da última quinta-feira pela ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz.

Marcadores: , , , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso