quarta-feira, outubro 9

Passos. Privado foi “duplamente penalizado” para poupar o Estado


O primeiro-ministro considerou hoje que o ajustamento pelo lado do sector privado foi mais agressivo do que o ajustamento já conseguido pelo Estado.
Num discurso na conferência da Associação Industrial Portuguesa, Passos Coelho defendeu que do lado privado foram pedidos “muitos sacrifícios” e que “houve uma dupla penalização em que o privado foi chamado por via dos impostos para contribuir para o sector publico não desalanvancasse a um ritmo tão grande”. Para Passos esta é uma “injustiça” que não é conhecida por todos aqueles que intervêm no espaço público.

Marcadores: , , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso