quarta-feira, março 26

25 Abril. Otelo assume que se excedeu "largamente" na ocupação de terras

Otelo Saraiva de Carvalho reconhece que excedeu “largamente” as suas funções quando, após o 25 de Abril de 1974, tomou decisões como a ocupação de terras ou o despejo dos “senhores doutores” das casas de pescadores.

Numa entrevista a propósito dos 40 anos da Revolução dos Cravos, o operacional do Movimento das Forças Armadas (MFA), 77 anos, recordou à agência Lusa o “dinamismo” dos primeiros tempos após a queda da ditadura e o quanto era preciso decidir, às vezes "sem tempo para pensar".

“Tive de tomar decisões – enquanto comandante da região militar de Lisboa, do Comando Operacional do Continente (COPCON) e conselheiro da revolução – ao minuto. Muitas delas foram tomadas sobre os joelhos”, afirmou.

Marcadores: , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso