sexta-feira, novembro 30

Direcção do PS demarca-se de manifesto de Soares a pedir a demissão do governo



O PS demarca-se de Mário Soares e não pede a demissão do primeiro-ministro. “Os governos são de legislatura. Se eventualmente não tiver capacidade para a cumprir, isso será da exclusiva responsabilidade do primeiro-ministro”, diz ao i o vice-presidente da bancada do PS, José Junqueiro, numa reacção à carta aberta enviada ao primeiro-ministro por um grupo liderado por Mário Soares.
O manifesto é assinado por mais de uma dezena de socialistas, entre os quais o ex-líder do partido Eduardo Ferro Rodrigues, os deputados Duarte Cordeiro e Pedro Nuno Santos e o histórico António Arnaut. E termina a exigir ao primeiro-ministro que altere, urgentemente, as acções políticas”, sob pena de “ser seu dever” apresentar “a demissão ao Presidente da República”.

Marcadores: , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso