sábado, maio 3

Jerónimo de Sousa: “Ideia de pós-troika é apenas uma frase publicitária”

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse hoje, em Coimbra que a “ideia de pós-troika é apenas uma frase publicitária”, pois “a política de austeridade” vai continuar.
“Essa ideia de pós-troika é apenas uma frase publicitária porque, como sabemos”, as atuais “políticas vão continuar” e, portanto, “não há fim nenhum – isto só terá fim com o fim deste Governo, portanto, com uma política diferente”, sustentou o líder comunista.
“Aliás o próprio FMI [Fundo Monetário Internacional] e a União Europeia” já disseram que “é preciso continuar o rigor, é preciso continuar a alterar a legislação laboral, é preciso continuar a política de austeridade e, nesse sentido, não há fim nenhum”, afirmou Jerónimo de Sousa, que falava aos jornalistas, em Coimbra, ao final da tarde de hoje, à margem de uma ação de “contacto com a população e comerciantes” da Baixa da cidade.
A 12.ª avaliação da troika, “ao contrário do que o senhor ministro Paulo Portas” afirma não é “o fim do protetorado”, defendeu.
Para Jerónimo de Sousa, Portugal não terá uma “saída sem rede” do programa de assistência económica e financeira.

Marcadores:

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso