quarta-feira, março 13

Jardim ausente no debate da moção de censura ao governo da Madeira




O presidente do governo regional da Madeira não compareceu à sessão plenária da Assembleia Legislativa que está a debater nesta quarta-feira a moção de censura executivo de Alberto João Jardim, apresentada pelo Partido Trabalhista Português, de José Manuel Coelho.

A ausência de Alberto João Jardim foi criticada pelo deputado Edgar Silva, deputado do PCP que requereu a suspensão dos trabalhos até que o chefe do executivo comparecesse no parlamento, de que depende politicamente. “Imaginem que escândalo nacional não haveria na Assembleia da República, se o primeiro-ministro não participasse na discussão de uma moção ao governo nacional. Mas se ocorre nesta dizem que é a democracia à moda da Madeira e que é tudo normal”, frisou o representante comunista.

Marcadores: ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso