segunda-feira, fevereiro 18

Passos diz que governo não está a estudar permanência dos cortes na função pública



O primeiro-ministro disse hoje que a transformação dos cortes transitórios dos subsídios e dos salários da função pública em permanentes não está a ser equacionada pelo Governo.
"A ideia de que a suspensão dos subsídios ou o corte salarial da função pública, decidido pelo anterior governo, se transforme em permanente, em vez de o repetir em cada Orçamento de Estado, não é uma direção que estejamos a estudar", disse.


Marcadores: , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso