domingo, fevereiro 3

Dezenas de pessoas cantaram e dançaram contra a austeridade no Porto


As mãos de Ana Maria Pinto, 31 anos, vão ditando os tempos da música. Em frente à Câmara Municipal do Porto, canta-se a "Grândola, Vila Morena". Numa roda grande, de mãos dadas, os manifestantes respondem ao desafio da cantora lírica e maestrina do Coro de Intervenção do Porto. Usam a voz e o ritmo num protesto contra a austeridade. Ana Maria gesticula e tenta ordenar o grupo. Não são mais do que umas dezenas de pessoas, menos de uma centena.

Marcadores:

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso