sábado, fevereiro 2

António Pires de Lima. “Não há Passos Coelho primeiro-ministro sem Paulo Portas no governo”



Na semana desta entrevista era mais fácil para António Pires de Lima falar sobre o governo. As notícias do regresso aos mercados, do alargamentos dos prazos do empréstimo e do cumprimento das metas de 2012 davam-lhe o à-vontade para defender a estratégia do executivo. A crise interna no PS ajudou-o na narrativa. António Pires de Lima assegura que o CDS ficará na coligação com o PSD até 2015, mesmo que isso represente prejuízos partidários para o partido.

Marcadores: , , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso