sexta-feira, maio 10

Retroactividade das pensões. Seguro admite recorrer ao Constitucional



O PS não coloca de lado a possibilidade de recorrer ao Tribunal Constitucional, se o Governo avançar com a convergência das pensões no setor público e privado nos moldes já divulgados, garantiu António José Seguro à saída do debate quinzenal. "Não pomos de parte essa iniciativa", garantiu o líder socialista.
O responsável garante ainda que sobre esta matéria não há diálogo possível, já que se trata de "crime" social. "Uma coisa é a convergência dos subsistemas para as novas pensões, e aí há uma disponibilidade do PS; mas coisa completamente diferente é ir às pensões que já existem e aplicar um corte (na ordem dos 700 milhões de euros). Sobre essa matéria não há qualquer possibilidade de diálogo. O PS não aceita esse corte nas pensões", garantiu.

Marcadores: , , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso