sexta-feira, março 20

Presidente do INEM investigado por autorizar helicóptero para doente amiga

É o segundo processo de averiguações aberto ao presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) no espaço de poucas semanas. O Ministério da Saúde pediu à Inspecção-Geral das Actividades em Saúde (IGAS) que averiguasse a intervenção do presidente do INEM, o major Paulo Campos, no caso de uma doente que foi transferida de helicóptero do Hospital de Cascais para o de Abrantes em 25 de Janeiro passado. Paulo Campos tinha visitado esta doente na qualidade de amigo da família e terá autorizado o seu transporte de helicóptero para outro hospital, apesar de Cascais não ter pedido qualquer transporte.

Foi, aliás, a primeira vez, que ali aterrou um helicóptero e terá sido necessário chamar os bombeiros para ajudar.

Divulgado pela SIC e pelo Jornal de Notícias, o caso apresenta contornos curiosos: a doente, com um cancro de pulmão e alegadamente em estado terminal, foi visitada pelo presidente do INEM no Serviço de Observações da urgência do Hospital de Cascais, onde permanecia desde o dia anterior.

Marcadores: , , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso