sexta-feira, junho 28

Passos confia em que a recessão está a abrandar” e “viragem económica” e que "viragem económica" virá até ao fim do ano


O primeiro ministro considerou esta sexta-feira que a recessão em Portugal "está a abrandar" o que constitui um "motivo de esperança" e um indicador de que a "viragem na tendência económica" vai acontecer até ao fim do ano.
Ao mesmo tempo, e apesar dos indicadores que apontam para um aumento das despesas públicas nos primeiros meses deste ano, Pedro Passos Coelho considerou que a meta de 5,5% do PIB fixada para o défice orçamental deste ano é "perfeitamente alcançável".

Marcadores: , , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso