sexta-feira, junho 8

Pedro Passos Coelho: líder de uma geração que já não tem nada a perder



Há sempre três dimensões num retrato político. O personagem, o seu pensamento e a circunstância. O do primeiro-ministro ainda está apenas em esboço. Porque "entrou e saiu" da política. Porque rompeu com a aristocracia do seu partido. Porque apostou - por táctica ou por convicção - num pensamento de matriz liberal que não faz parte da tradição política nacional. Porque representa uma nova geração de políticos que só conheceram a democracia.

Marcadores: ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso