domingo, dezembro 6

Só come palha porque é burro

A questão crucial do jornalismo é o seu financiamento. Desde 2009, mais de 1200 pessoas perderam o emprego em empresas de comunicação social. Há vários anos que toda a gente parte para o ano seguinte acreditando que vai ser melhor do que o anterior. O problema do financiamento do jornalismo nem sequer é português, é global. Por todo o mundo se despedem jornalistas e outros profissionais ligados à actividade. Por todo o mundo se fecham jornais e revistas ou se acaba com eles em papel para existirem mais "elegantes" no online, o mesmo é dizer para serem feitos com menos gente. Por todo o mundo se emagrecem redacções de rádios e televisões. A crise económica que se vive em Portugal, como noutros países, só veio agravar a dificuldade de adaptação a uma fonte de financiamento (anúncios publicitários) que a cada ano vale menos.

Marcadores: ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso