quarta-feira, janeiro 28

Tsipras, dia 2: medidas avançam, mercados agitam-se

O Governo de Alexis Tsipras tomou posse ontem e hoje já toma decisões. Depois de ter anunciado o fim imediato da privatização do porto de Pireu, o Governo prepara-se para suspender todos os processos de privatizações das companhias elétricas em curso. O objetivo é fazer com que a eletricidade não pese tanto no bolso das famílias. O aumento do salário mínimo nacional também era uma das prioridades do programa do Syriza, que sair do Conselho de Ministros desta manhã.
O fim “imediato” das privatizações foi anunciado pelo novo ministro da Restruturação da Produção, do Ambiente e da Energia: “Vamos tratar de fazer com que a eletricidade seja mais barata para impulsionar a competitividade e ajudar as famílias”, disse Panayiotis Lafazanis. Um dos pontos-chave do programa do Governo de Tsipras consistia precisamente num pacote de medidas de urgência para melhorar a situação dos mais carenciados, que vai no sentido contrário ao dos ponteiros da austeridade. Nesse conjunto de propostas inclui-se uma que prevê o fornecimento de eletricidade gratuita a 300 mil famílias desfavorecidas.

Marcadores: ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso