segunda-feira, julho 1

Presidente da Gulbenkian questiona justificações para reforma da Segurança Social


O presidente da Fundação Calouste Gulbenkian questionou hoje a justificação para as anunciadas reformas no sistema de Segurança Social, criticando ainda a aplicação dessas reformas a quem já está no sistema, ou seja, aos atuais pensionistas.
Artur Santos Silva, a quem coube o discurso de abertura da conferência 'Repensar a Segurança Social: Construir um Novo Contrato entre Gerações', que hoje decorre da Fundação Gulbenkian, citou os estudos feitos sobre “todos os países da União Europeia, incluindo a Noruega” - e que são citados nos documentos de Estratégia Orçamental de 2012 e de 2013 e serviram de base às conclusões que a própria Comissão Europeia (CE) apresentou ao Ecofin em 2012 -, para recordar à plateia que o sistema de Segurança Social português "é o quinto mais robusto da União Europeia (UE) mais a Noruega”.

Marcadores: , , ,

INSTAGRAMS by @rogerio_barroso